Escolas particulares decidem manter as aulas presenciais

Redação Por: Redação

Educação Novidades

Publicado em 29/10/2020 12:03h

Escolas particulares decidem manter as aulas presenciais

Foto reprodução: O Liberal. 

Na contramão das aulas presenciais da rede pública estadual do Pará, que foram adiadas para 2021, as aulas da rede particular de ensino do Estado devem continuar sem suspensão no atual cenário epidemiológico da covid-19. De acordo com o Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado Pará (Sinepe), não há indícios de que haja contaminação no meio escolar.

"As escolas privadas não têm nenhum indício de focos de contaminação, muito pelo contrário. Como as escolas tomaram todas as medidas de segurança, as medidas sanitárias, há registro apenas de casos que surgem isoladamente nas escolas, mas de pessoas, professores e alunos que adquiriram a covid -19 em outros ambientes", comentou a presidente do Sinepe, Beatriz Padovani.

Nesses casos, segundo Beatriz, a escola notifica, isola, avisa as famílias. "Um trabalho que, inclusive, contribui para a prevenção da expansão da covid-19. O aumento agora, que ainda não é considerado alarmante pelas autoridades, mas surge como um sinal de alerta, ele se deve a outros elementos que não são a escola", disse a representante do Sinepe.

Ela completou dizendo que a decisão para suspensão ou não das atividades presenciais depende de peculiaridades. "Pondera-se que a decisão de não voltar é da rede pública estadual, diante das suas peculiaridades, que divergem muito da rede pública municipal de Belém, que está trabalhando normalmente sem problemas, utilizando todas as medidas de segurança cabíveis. Portanto, na avaliação do Sindicato, não há nenhuma razão para suspender ou paralisar novamente as atividades presenciais".

Estado

Na última terça-feira (27), o governador Helder Barbalho anunciou que as aulas presenciais da rede pública estadual não retornarão no ano de 2020. Segundo ele, a decisão foi tomada com o apoio de profissionais da saúde e da educação. O retorno está marcado para 2021, sem data definida e condicionado a uma ampla vacinação contra o novo coronavírus. As aulas da rede estadual, portanto, seguirão via internet.

Ananindeua

Também na terça-feira (27), a Prefeitura de Ananindeua assinou um comunicado informando sobre o cancelamento das aulas presenciais na rede municipal, em consonância com a decisão adotada pelo Governo do Estado, devendo retornar apenas no próximo ano. Os detalhes desta medida serão informados pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por intermédio de nota técnica que subsidiará a edição de um novo decreto sobre esse assunto.

Com informações: O Liberal. 

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Belém - Blog de Notícias