Conteúdo virtual do Círio vai ganhar mais investimentos

Redação Por: Redação

Diversas Novidades

Publicado em 27/10/2020 11:37h

Conteúdo virtual do Círio vai ganhar mais investimentos

Foto reprodução: O Liberal

O Círio 2020 foi vivido de forma diferente e histórica diante da covid-19: sem procissões e com foco nas transmissões por meio da TV e das redes sociais. Missas, shows do Círio Musical e outras homenagens receberam adaptações para a internet. A maior novidade foi o lançamento da TV Círio, canal no Youtube que reúne conteúdos ligados à festividade. Agora, segundo a Diretoria da Festa de Nazaré (DFN), o objetivo é seguir investindo no virtual, alinhando uma linguagem evangelizadora que alcance cada vez mais os internautas.

Em um balanço do fim de semana do Círio, o responsável pela coordenação do canal no Youtube, Roberto Souza, disse que foram quase 500 mil visualizações de 79 países. As faixas etárias que mais acompanharam têm entre 35 e 44 anos. E 71% do total dos internautas que acessaram o canal usaram o celular para isso.  

Outra adaptação foi a disponibilização do livro das peregrinações, usado nas novenas que antecedem a festividade, por meio de PDF na lojinha do Círio. Além disso, houve o reforço do conteúdo publicado no Facebook, Twitter e Instagram. E o aplicativo Kd a Berlinda foi adaptado com outras opções, já que não houve romarias.

"Começamos a produzir conteúdo com mais constância. Todos os eventos de agenda que puderam ser cumpridos, passamos a transmitir na TV Círio, como a apresentação do Manto, decoração da berlinda, o evento Mil Ave Marias. Publicamos vídeos de tutorial sobre como fazer oração dentro de casa. E as lives do Círio Musical vão continuar mesmo quando tiver show presencial", comentou Roberto.

"Vamos exibir outros eventos para mostrar que o Círio acontece o ano inteiro, como a Feijoada do Papai (evento de arrecadação no Dia dos Pais), Festa da Mamãe (show no Dia das Mães), novenas marianas nas comunidades, descida da Imagem em maio, visitas de Nossa Senhora no interior, ações sociais. No fim de novembro, já será feito um plano específico para a TV Círio", adiantou.

Em 2021, o desafio é a nova linguagem entre os conectados. "Tivemos uma interação muito positiva, principalmente de jovens. Precisamos levar evangelização para eles. Nosso desafio é criar essa linguagem e fazer todas as mídias conversarem. Contratamos uma empresa de mídias digitais para nos dar o direcionamento. Não é mais só a TV. Mesmo depois da pandemia, vamos intensificar na internet", concluiu.

Adaptações

Essas adaptações foram vivenciadas pela católica Rita Rocha, 37, que é agente da Pastoral da Comunicação Arquidiocesana de Belém, do Núcleo da Paróquia Cristo Peregrino, em Ananindeua. Ela contou que a pandemia trouxe muitas incertezas, entre elas, como aconteceria o Círio. E disse que o Círio foi vivido em cada lar e em cada coração. "Posso afirmar que está sendo um Círio de muitas novidades e também de nostalgia", opinou.

"Todas as atividades desenvolvidas durante a quadra Nazarena, as coberturas, entrevistas, reportagens e a presença da imagem da Mãezinha em cada um desses momentos. Como devota, posso afirmar que as transmissões não só mostram a importância dos meios de comunicação para o mundo, mas o quanto esta ferramenta pode romper barreiras e estreitar distâncias num tempo em que o mundo precisou se adaptar com um novo normal", acrescentou Rita.

Com informações: O Liberal. 

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Belém - Blog de Notícias