Avião com opositor russo, possível vítima de envenenamento, aterrissa na Alemanha

Redação Por: Redação

Mundo Novidades

Publicado em 24/08/2020 13:04h

Avião com opositor russo, possível vítima de envenenamento, aterrissa na Alemanha

Alexei Navalni é transferido para uma ambulância após sua chegada, neste sábado, ao aeroporto de Tegel, em Berlim.MICHAEL KAPPELER / AP   

Alexéi Navalni chegou a Berlim para receber tratamento em um centro médico. O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos solicitou ao Governo Putin a ficha médica do político

O avião com o opositor russo Alexéi Navalni aterrissou neste sábado em Berlim, confirmou sua porta-voz Kira Yarmysh ao EL PAÍS. A ambulância aérea procedente do aeroporto de Omsk pousou poucos antes das 9h (4h de Brasília) de um sábado chuvoso no aeroporto berlinense de Tegel. Cinco horas antes, o avião havia decolado da Sibéria com o ativista a bordo para ser tratado no Charité, um grande hospital da capital alemã. No meio da amanhã, Navalni foi internado no centro médico berlinense.

Navalni, um duro crítico do presidente Vladimir Plutin, está em coma, segundo os médicos, e seus colaboradores suspeitam que possa ter sido vítima de envenenamento. Os médicos russos que o atenderam descartaram, no entanto, que houvesse vestígios de veneno em seu corpo e atribuíram seu estado de saúde a um distúrbio metabólico. Jaka Bizilj, fundador da Cinema for Peace, ONG que organizou a transferência de Navalni em um avião particular para a Alemanha, indicou ao jornal alemão Bild que o estado de saúde do opositor se manteve estável durante o voo.

O hospital berlinense confirmou em nota e por meio das redes sociais que Navalni foi internado na instituição “para receber tratamento médico” e está passando por exames diagnósticos. “Depois de consultar a família, os médicos que o atendem darão informações a respeito de sua saúde e do tratamento que deve seguir”, informou o Charité. Os médicos alemães disseram que os exames levarão algum tempo e pediram paciência à imprensa. “Informaremos assim que tivermos informações”, afirmaram. O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) anunciou neste sábado, por sua vez, que solicitou ao Governo russo a ficha médica de Navalni.

O político de 44 anos desmaiou quinta-feira em um avião quando viajava da Sibéria para Moscou, depois de ter tomado uma xícara de chá, afirmou sua porta-voz, que o acompanhava no voo. Depois de um pouso de emergência para que Navalni fosse levado para um hospital na Sibéria, os médicos que o atenderam o induziram ao coma para conectá-lo a um ventilador pulmonar.

A transferência de Navalni para a Alemanha ocorreu depois de pressões internacionais, diante da recusa inicial dos médicos russos de transladá-lo para fora do país. Já na Alemanha, espera-se que os médicos divulguem um primeiro relatório sobre seu estado de saúde nas próximas horas.

Navalni foi internado no hospital universitário Charité de Berlim, onde há dois anos o ativista russo do grupo Pussy Riot Pyotr Verzilov recebeu tratamento depois de apresentar sintomas de envenenamento. Em 2014, a ex-primeira-ministra ucraniana Yulia Timoshenko também foi tratada nesse hospital, após ser libertada da prisão.

Por: Ana Carbajosa - El País

 

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Belém - Blog de Notícias